pescadores de águas turvas


Há dias, foi a barcarola de Passos, barcaça de faz de conta para um governante que nem contas faz. Agora, não sei se ontem se hoje, navegantes da treta houve que se passearam na barca do inferno, Doroteia Verónica de seu nome, à proa como convém aos heróis do mar, nobre povo, nação valente e mortal. Segundo rezam as crónicas e profecias, nem que inventadas por mim, Lopes e Bandarra faço questão de ser, a embarcação irá ao fundo no próximo Domingo. 

Que não se salve o timoneiro. Muito menos o timoneiro.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!