16/05/16

o apogeu da barbárie

É em Yulin, na China. Muitos milhares de cães, tantos deles roubados aos donos, são desancados até à morte, pendurados por ganchos e vendidos para serem comidos no Festival que a cidade promove anualmente.

As imagens chocam mas, se fossem brandas, não teriam o efeito desejado: a nossa indignação, a nossa reacção, embora saibamos que as autoridades chinesas, com quem mantemos negócios e alimentamos riquezas espúrias, são cegos, surdos e mudos a qualquer protesto.

Se quiser assinar contra esta barbárie, pode fazê-lo aqui:
https://secure.avaaz.org/en/stop_the_puppy_slaughter_loc/?cYmKJbb