Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro 3, 2013

é carnaval e levo a mal

Imagem
O Coelho anda mascarado de democrata. O Portas de democrata-cristão. O Gaspar de perito financeiro. O Aníbal de presidente. O Relvas de doutor. O Amorim, o Ulrich, o Ricciardi, os Espíritos Santos, de salvadores da Pátria. Com tantos mascarados, tanta folia entre os senhores do dinheiro, para que é preciso Carnaval? Preparemo-nos antes para uma longa quaresma de jejuns, flagelações, privações. E deixemos à choldra o direito de gozar os seus dias dourados, de tortura e espoliação. De gozar à tripa-forra um pagode que cala e consente, cada vez mais triste, abandonado à sua triste sorte.
Imagem: http://wehavekaosinthegarden.blogspot.pt

a infelicidade de fernando ulrich

Imagem
Fonte: http://henricartoon.blogs.sapo.pt/

o aborto das ratas de sacristia

Imagem
A gente sabe, já os topa à légua, que o que estes querem é dar cabo da democracia ou ter, quanto muito, uma democracia lá muito deles, só para eles. Veja-se como, agora, e depois de tanta marosca e filha-da-putice (isso mesmo, está mal escrito mas sabe bem escrever tal qual assim, filha-da-putice) se querem acabar com os acordos colectivos de trabalho. O retrocesso económico e democrático é óbvio, salta à vista de todos perante o marasmo de quase todos. Mas, agora, quer-se que o retrocesso seja também social. As beatas negras, comandadas por nomes como os do abominável César das Neves e por Bagão Félix, estão a circular um abaixo-assinado para fazer com que, na Assembleia da República, se alterem leis como as do casamento gay e do aborto. Ou seja, os abortos não querem, não gostam de concorrência. Estão no seu direito. Já agora, que estão com a mão na massa, e com os dedinhos na cruz, peçam que legislem também contra a mini-saia, o sexo antes do casamento, por mais heterossexual que …

em que mundo vive passos coelho?

Imagem
Por Baptista-Bastos http://www.jornaldenegocios.pt
Há qualquer coisa de grotesco e de safadeza de espírito nas declarações de Pedro Passos Coelho ao encerrar uma estranha conferência sobre a reforma do Estado. O optimismo, claramente demencial, com que o primeiro-ministro vê e comenta a situação do País contrasta com o movimento geral de protesto popular, com as críticas veementes de políticos, ex-Presidentes da República, ex-ministros, intelectuais, antigos resistentes e, de um modo geral, de quem pensa Portugal. A lista de protestatários aumenta, consoante as decisões atrabiliárias do Executivo. Há dias, Freitas do Amaral, numa entrevista a Judite Sousa, na TVI, desmoronou o edifício no qual se apoia Passos Coelho, chamando a atenção do Presidente da República para os perigos iminentes que pairam sobre a pátria, acaso a situação se deteriore. O dr. Cavaco, como se sabe, nada deve à coragem política e, com alegre desenvoltura, assobiou para o lado e promulgou a lei do esquartejament…

no jogo da vida, os eternos perdedores

Imagem

na grécia, o desespero por comida fixado numa fotografia

Imagem
Mãos estendidas para um saco de laranjas. É esta a imagem que está correr sites e redes sociais. Mas depois fazemos zoom out para perceber a cena. Mãos estendidas, as laranjas, e caras apanhadas em expressões que parecem pedir. Um homem sai com um sorriso e um saco de legumes ao ombro. As imagens mostraram, sublinharam, condensaram uma coisa: o desespero de muitos gregos por comida.
Foi em Atenas, em frente ao Ministério da Agricultura, que agricultores, protestando contra o aumento dos custos de produção, distribuíram fruta e vegetais de graça.
Não foi a primeira acção destas em Atenas. Mas o caos que se seguiu mostrou o ponto a que chegou a carência na Grécia, onde a taxa de desemprego é de 26% (superada na zona euro apenas pelos 26,6% de Espanha) e onde um em cada três gregos vive abaixo do limiar de pobreza, com novos 400 mil pobres entre 2010 e 2011, segundo o Instituto de Estatística da Grécia.
A acção dos agricultores de quarta-feira tinha começado pacífica, mas quando as pess…

tão mansos, os mansos

Imagem
Primeiro, vieram as vacas loucas e roubaram-lhes a comida. Os mansos, de olhar bovino, ruminaram pragas em surdina e nada fizeram. Depois, foram escorraçados dos seus estábulos. Mais uma vez, os mansos mugiram uns tímidos queixumes mas não ofereceram resistência às investidas dos touros bravos, nem dos bois de cobrição que, todos os dias, os roubam e sodomizam. Vêem partir os seus vitelos para longe, para não soçobrarem como eles à fome e à indigência, mas, mansamente, os mansos calam-se. À espera dos magarefes. A carne, agora, está mais barata.

até quando vão os banqueiros gozar connosco?

Imagem
Por Tiago Mesquita http://expresso.sapo.pt
Os banqueiros da nossa praça aparecem incessantemente na televisão a carpir mágoas. Fernando Ulrich chega a dizer que "aquela situação (sem-abrigo) eu também posso vir a passar ou a minha família". A crise é, para estes senhores, uma espécie de febre dos fenos, um vírus para o qual não contribuiriam em nada em termos de propagação e, como bons doutores que são, limitam-se a dar sugestões e orientações ao governo de possíveis tratamentos. Sempre a bem do país - obviamente. Nada por eles, tudo pela Nação.
Já os governos, são o mordomo acéfalo que obedece cegamente aos senhores da banca. Marionetas financeiras. Ricardo Salgado, o verdadeiro primeiro-ministro, Ulrich, entre outros banqueiros da praça, 'fazem' e 'desfazem' sucessivos executivos, conforme as conveniências. Independentemente das orientações políticas, fazem destes o que bem entendem. E obtêm, sempre e sem exceção, o que pretendem.
É preciso salvar o BPN ou…

franquelim alves esqueceu-se que afinal era um herói

Imagem
Por Daniel Oliveira http://expresso.sapo.pt
E, de um dia para o outro, o spin governamental tentou transformar Franquelim Alves num herói. Afinal, foi este administrador da SLN que desmascarou a fraude a que ali se assistia, diz o governo que tem como principal conselheiro oficioso Dias Loureiro.
Posso ter estado distraído. É possível que o incómodo de Nuno Melo, que foi, com João Semedo e Honório Novo, um dos mais ativos deputados na Comissão Parlamentar de Inquérito ao BPN, com esta nomeação, também resulte de alguma distração. Mas lembro-me, lembram-se todos, que foi o mesmo Franquelim Alves que disse, nas mesmíssima comissão, que não denunciou gravíssimos factos, que constituíam crime, às autoridades competentes. E que estava arrependido da sua omissão cúmplice.
O ministro Álvaro veio informar, depois de ter passado a mesma informação para os jornais, que Franquelim Alves enviou uma carta ao Banco de Portugal, a 2 de Junho de 2008, em que denunciava a existência do Banco Insular.…

ulrich a banhos na caparica

Imagem
Banhos de lixo, é o que os habitantes da Charneca da Caparica têm gentilmente ofertado a Fernando Ulrich e ao seu BPI. Um exemplo a seguir. O lixo quer lixo e Ulrich que se lixe.

Almas caridosas vieram alertar-me: isto é uma fotomontagem. Infelizmente. E eu a pensar que o povo tinha acordado da modorra de que padece há tanto.

qual austeridade, qual aumento de impostos, qual desemprego...

Imagem
Por Daniel Oliveira http://arrastao.org/
Bagão Félix, Gentil Martins e João César das Neves assinaram um documento que defende a revisão das leis do casamento entre pessoas do mesmo sexo, a despenalização do aborto, a nova lei do divórcio e a reprodução medicamente assistida. Segundo os signatários, as alterações legislativas, levadas a cabo nos últimos seis anos, contribuem para a atual crise económica e social, uma vez que destroem os "pilares estruturantes da sociedade".
Aqui: http://expresso.sapo.pt/bagao-e-cesar-das-neves-assinam-peticao-contra-o-casamento-igayi-e-aborto=f785400
Imagem: http://www.forbes.com

a fraude do século (2)

Imagem
Os dois primeiros episódios da grande reportagem que a SIC está a transmitir sobre o BPN. Apesar de nem todos os nomes nem todos os factos terem sido ainda apontados (aguardemos porém os próximos episódios), e apesar de uma montagem pós-modernaça que em nada ajuda à captação de toda a informação, antes distrai, isto sim, é serviço público.

a fraude do século

Imagem
Tudo sobre o BPN e a canalhada do costume. Aqui:
http://www.esquerda.net/topics/BPN%3A%20A%20fraude%20do%20s%C3%A9culo

as coisas que não entram na cabeça do senhor ulrich

Imagem
Por Daniel Oliveira http://arrastao.org/
Quando um deputado apelou a Fernando Ulrich para que pedisse desculpas pelas suas frases sobre a austeridade e os sem-abrigo, o banqueiro respondeu: "Não sei porque alguém se choca, quando falei dos sem-abrigo. Não é uma falta de respeito, pelo contrário, na minha cabeça era um sinal de respeito pelas pessoas que já viveram nessa situação tão dramática." E acrescentou: "Aquela situação eu também posso vir a passar ou a minha família." E não pediu desculpas, porque não recebe "lições de sensibilidade social de ninguém".
Não vou desenvolver sobre as várias pérolas com que este senhor nos tem oferecido. Acho que toda a gente com o mínimo de equipamento cerebral percebe a bestialidade das coisas que o senhor vai dizendo - ainda me lembro quando propôs que os desempregados trabalhassem à borla para o seu banco. E, pela reincidência, fica claro que é isso mesmo que falta a este senhor: capacidades cognitivas medianas.
T…

o carnaval dos animais

Imagem
Imagens: https://www.facebook.com/anterozoide

o grande cavaco, que está contra e a favor seja do que preciso for

Imagem
Foi hoje publicado em Diário da República o diploma que extingue o Acordo Colectivo de Trabalho (ACT) que abrange os trabalhadores bancários do IFAP (Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas). A promulgação de Cavaco Silva abre portas à extinção por decreto de qualquer ACT, pelo que a deputada socialista Isabel Moreira está a ponderar pedir a apreciação do diploma na Assembleia da República. (Sol).
Fotografia: http://fama.sapo.pt

é acordar ou morrer no sono

Imagem
Por Luís Rainha http://www.ionline.pt
Nestes dias, cada sondagem parece mais um diagnóstico da apatia, para não lhe chamar coma, do bom povo português. Por mais escândalos que venham à tona da latrina, com histórias de blindados, submarinos, bancos amparados pelo Estado e dirigidos por cínicos desbocados ou amnésicos fiscais, continuamos decididos a votar no centrão que para este buraco nos arrastou.
Portugal não é a Grécia – infelizmente. Ali os eleitores por pouco não deram vida a um governo radicalmente diverso. Mérito do Syriza, do empolgante tribuno que é Alexis Tsipras, ou um qualquer gene colectivo de clarividência que nos falta?
Por cá, o poder de sempre a tudo parece impune; e não serão os jogos palacianos do PS a galvanizar o país. O entrincheirado PCP e o exangue Bloco de vez em quando lá enchem avenidas, mas sobretudo com os seus, os que há muito abriram os olhos para a necessidade urgente de mudança. Os demais continuam resignados, marchando para o matadouro do “custe o …

fascismo electrónico

Imagem
Por Fernando Dacosta http://www.ionline.pt
A perseguição aos idosos pobres continua florescente entre nós. Explorá-los, humilhá-los, tornou-se afã insaciável dos que julgam hoje governar o país.
Última malfeitoria: obrigar os que recebem pensões acima de 293 euros mensais a fazer declarações de IRS – de que estavam dispensados.
Sendo, como se sabe, o preenchimento do seu formulário um mimo de simplicidade e a sua entrega (por internet) um doce, a medida vai tornar-se passatempo de delícias para os velhotes que, como se sabe, são barras em informática.
Desde que os preços dos computadores e das mensalidades da net passaram a ser ninharias em rendimentos como os referidos, os pensionistas portugueses não mais largaram o primeiro lugar do rating europeu de utilizadores de PC, MAC e quejandos.
A decisão é ainda excelente por permitir aos funcionários públicos da área combaterem a pasmaceira em que caíram quando o simplex entrou, pela sua eficácia, de dispensar o dinamismo da máquina do E…

isto sim, isto é corrupção!

Imagem
O Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP), liderado por Maria José Morgado, está a investigar o apoio da Câmara de Lisboa à festa do Avante!, através da cedência de, pelo menos, um quiosque e o respectivo transporte para a Quinta da Atalaia, no Seixal, onde se realiza todos os anos a rentrée política do PCP (jornal Sol).
Qual BCP qual quê! Quais submarinos! Qual Monte Branco! Isto sim, isto é que é corrupção e da grossa: um quiosque emprestado ao Avante com transporte e tudo? Escândalo! Investigue-se e deixem-se em paz os Dias Loureiros, os Relvas, os Coelhos, os Portas, os Duartes Limas deste país virginalmente impoluto! Digam-me: o que é um reles submarino ao lado de um couraçado Potemkin disfarçado de quiosque? Prendam-se o Costa, o Jerónimo, a Roseta, quem quer que seja que tenha estado metido no imbróglio.
Fotografia: http://www.avante.pt

um gesto que abalou o mundo

Imagem
Por Nuno Ramos de Almeida http://www.ionline.pt
Parecia um dia como outro qualquer, 1 de Dezembro de 1955. Uma costureira de 42 anos sentou-se no autocarro nos lugares disponíveis para “gente de cor”. Na cidade de Montgomery, no estado do Alabama, a lei dizia explicitamente que quando os brancos não tivessem lugares sentados podiam obrigar os negros a levantar-se, e se o veículo estivesse muito cheio os negros podiam ser despejados para a rua.
Nesse dia vários brancos entraram no autocarro e muitos negros levantaram--se dos seus lugares. Mas não todos. Rosa Parks recusou fazê-lo. “Estou cansada de ser tratada como uma pessoa de segunda classe”, disse ao condutor.
O funcionário chamou a polícia. A mulher foi presa por não aceitar ser tratada como escrava.
Nesse mesmo dia, os habitantes negros da cidade de Montgomery deixaram de andar de autocarro. São os pobres que viajam nos transportes públicos. São os pobres que trabalham por salários de miséria. São eles que criam a riqueza de cid…

tempos de decadência

Imagem
Por Tomás Vasques http://www.ionline.pt
Vivemos um tempo acelerado de decadência de valores; um tempo em que os “senhores do dinheiro” se sobrepõem, como querem e lhes apetece, ao poder soberano do Estados e dos povos; um tempo em que o poder – um governo eleito – está subordinado à “lógica” financeira e, temerário, evoca o “interesse público” para espoliar um povo exausto e entregar os despojos do saque a essa seita que controla este “novo mundo”. Por isso, quase já não espanta quando um banqueiro, que para a sobrevivência do seu negócio precisa de usar parte do produto do saque feito aos contribuintes, se dá ao desaforo de exigir ao governo que prossiga o saque, porque a “escumalha” aguenta muito mais e ainda tem um caminho a percorrer até ficar sem salário, sem subsídio de desemprego, sem assistência social e sem casa. Mas, apesar dos tempos que vivemos, ainda causa espanto que o primeiro-ministro de um governo eleito, se recuse a condenar as declarações do dito banqueiro e que, d…

ao lixo o que é do lixo

Imagem
"A agência de notação financeira Standard & Poor’s anunciou hoje que foi visada num processo judicial do Governo dos EUA, por a empresa de ‘rating’ ter subavaliado os riscos de ativos imobiliários, causando a crise financeira atual." (jornal i)
Contudo, na Europa, aguentamos tudo, todo o tipo de golpadas, de chantagens, de especulações, para que os povos empobreçam como convém aos mais ricos entre os ricos. E, em Portugal, continuamos a beijar a mão à Lagarde, o rabo à Merkel e o mais que houver para beijar aos durões do mundo. E não, não mandamos quase ninguém para a cadeia por crimes económicos, só um ou outro bode expiatório para disfarçar. Os capos, os verdadeiros, andam cá por fora. Um deles foi visto, ultimamente, pelo Rio de Janeiro. Ao lado de Relvas.

a história repete-se

Imagem

condes e barões

Imagem
Segundo a Wikipédia (http://pt.wikipedia.org/wiki/Fernando_Ulrich), a Srª D. Isabel Diana, filha do Conde de Galveias, é a esposa do Sr. Aguenta Aguenta. Como se pode ler em Diário da República, tanto o Sr. Aguenta Aguenta como a família mais chegada não têm problemas em aguentar: não vivem nas ruas, não estão no desemprego, ganham bem, estão bem relacionados entre a melhor nata da sociedade - dos condes da família aos barões do partido, haverá sempre alguém que lhes dê uma mãozinha, um tacho, uma malga de sopa, um apetitoso naco de qualquer coisa rendosa. Aguentam. Ah pois aguentam.

portugueses no centro de emprego

Imagem
Imagem roubada ao: http://trespassaopassos.tumblr.com/