a queda de um anjo


No melhor pano cai a nódoa. Pior é se a nódoa é grandote, se desfeia a farpela, não haverá lixívia ou tira-nódoas que faça desaparecer a mancha que suja o angelical nome da família Espírito Santo. A Justiça, é claro, não moverá um dedo para punir gente tão importante, tão rica, tão empreendedora. Para a prisão, vai quem rouba um pão para dar aos filhos mortos de fome. Nunca alguém de tão nobre linhagem, tão alto gabarito, tão asseados pergaminhos.

Resta saber se é agora que os seus membros, os da sagrada família, vão passar a brincar, a sério, aos pobrezinhos. Desconfio porém que nem só ao menino, e ao borracho, põe Deus a mão por baixo. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho