23/02/16

lisboa, a grandessíssima brejeirona

É um pequeno recanto, nem sequer largo se pode chamar, muito menos jardim. Fica à Rua de São Tomé e é ponto de encontro dos velhotes para a sueca, a jogatina, que para as de carne e osso já lhes falta vigor e vontade. Daí o nome do local, baptizado por alguns galfarros da zona e que, agora, já faz parte da toponímia oficial. Diz-se que os estrangeiros deliram com a designação. Quanto aos portugueses, alfacinhas ou não, haverá quem se choque. Não se pode agradar a todos, é o que é.


1 comentário:

Anónimo disse...

Esta informação na parede já lá está há muitos anos e a Câmara M. de Lisboa até retirou os bancos e a mesa de jogar às cartas.
Ficou só o nome pela insistência dos utentes.
Conclusão:
Não há humor na CML... é pena !