a maralha delirante

A direitalha anda impante. Então não é que o propalado prestígio português anda pelas ruas da amargura lá por Bruxelas? Eles, os técnicos e os servos de Merkel, não gostam de Costa nem do orçamento de Costa. Merkel torce o nariz. A imperatriz anda infeliz com os até agora bem comportados, atinados, obedientíssimos portugiesisch. A direita rejubila. Vamos pagar cara esta aventura esquerdista de Costa e dos seus façanhudos aliados. Estão a arruinar o trabalho meritório dos últimos quatro anos! O sacrifício dos portugueses, coitadinhos, foi debalde! E, por tudo isto, por causa disto, porque a direitalha não dorme e Merkel muito menos, a Kaiserin terá o que quer, o seu Kaninchen de estimação na governação da colónia portuguesa, exsudando social-democracia por todos os poros e orifícios do seu corpanzil de engatatão de balzaquianas, trabalhador incansável, ao lado de Relvas e de Marco António, em prol do País de progresso terceiro-mundista. Os colaboracionistas do quarto Reich aí estão, contentes e diligentes no bota-abaixo, na insinuação torpe, na distorção da verdade, na desonestidade. Ufanem-se! A vitória é fácil e será vossa.


Comentários

Anónimo disse…
Filhos da puta!

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho