04/02/16

em terra de cegos, quem pisca o olho é rei

José Rodrigues dos Santos acaba de ser nomeado o melhor escritor do País. Pelos mesmíssimos portugueses que elegeriam Pedro Passos Coelho como o melhor político, Tony Carreira o melhor cantor, Joana Vasconcelos a melhor artista plástica, Miguel Relvas o melhor gestor e facilitador de negócios, Teresa Guilherme a melhor apresentadora de televisão, A Quinta como o melhor programa ou o BPN como o melhor banco nacional e Lili Caneças como a personalidade do ano. Os mesmos que elegeram Salazar como o melhor português de sempre e nos mantêm nesta apagada e vil tristeza onde só se lixa quem não está por cima.

6 comentários:

Jaime Santos disse...

Os Portugueses que elegeram José Rodrigues dos Santos não leem outra coisa que não seja José Rodrigues dos Santos, ou eventualmente o Dan Brown, porque o Paulo Coelho é sofisticado demais para aquelas almas...

Pedro Vale Moreira disse...

E que elegeram a geringonça...

santiago disse...

Li 90% dos livros de Paulo Coelho, os últimos não passam de " caça", mais do mesmo. Só quem leu os primeiros se apercebe de que o autor se plagia a si mesmo nas suas últimas obras.

Anónimo disse...

É a democracia a funcionar, mesmo quando não nos agrada...

cps

Rui SIlva

Clotilde Morais disse...

Haja Cultura pimba!!!!

Giuseppe Pietrini disse...

Nunca li qualquer livro de José Rodrigues dos Santos e nem tenho vontade d eler, mesmo depois de ver que ganhou este prémio.

Mas quer-me cá parecer que até José Rodrigues dos Santos, apesar de eu presumir que toda a sua valia como escritor não passar de mediana, ainda assim ele será maior do que o prémio em si. Tão-só porque é um prémio... português.

Abraço, caro Manuel Cruz. ;-)
Giuseppe