vem aí o russo!

Estas são as imagens de um mânfio russo que, vá-se lá saber por que carga d'água, decidiu vir para a rua nos mesmos preparos com que a mãe o botou no mundo. Com dor e lágrimas, e tinha razões para isso, como se vai ver não tarda nada. Quase foi linchado pela populaça, que os russos, quando se juntam, são tão valentes como os demais, e valeu-lhe o socorro desinteressado de uma boa alma feminina, talvez enternecida com a visão descarada, escancarada, das partes púbicas, neste caso públicas, da patética criatura.

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!