se não os podes vencer, junta-te a eles!

Estamos no auge da política pimba. Foleira. Pacóvia. Tacanha. Tão provinciana como era a de Salazar.

Acho que vou aderir. Quem sabe se não serei recompensado com um lugar de deputado ou de ministro ou até de presidente, lugares, hoje em dia, ao alcance de qualquer um. Basta uma inscrição no partido certo, no momento certo, com o padrinho certo. Vá, não custa nada, libertemo-nos de escrúpulos e juntemo-nos a eles. 

Comece, comigo, a ensaiar as palavras mágicas: paz, pão, povo e liberdade. Não se esqueça, porém, do manguito enquanto canta.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

chora, mariquinhas, chora