porca de vida


Estou farto da polvorosa que se gerou a propósito do elemento da GNR que agrediu um porco. Ena o que para aí vai, até já se fala em caça ao homem. Mas entre a fotografia de cima, do nosso agente a pontapear o porco, e a fotografia de baixo, de um polícia americano a pontapear uma mulher, a que me choca mais é a de baixo. Desculpem. É o que eu penso. É o que eu sinto. Aposto que muitos dos que se indignam agora ficam impávidos e serenos perante imagens da agressão de polícias contra manifestantes, coisa que acontece diariamente um pouco por todo o mundo. Porcos, dirão até nessas alturas os que, agora, choram a má sorte do porco.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!