portugal, colónia angolana


Bárbara Bulhosa, responsável editorial da Tinta-da-China, foi constituída arguida por ter publicado, em 2011, "Diamantes de Sangue: Tortura e Corrupção em Angola". O livro, escrito por Rafael Marques, denuncia o poder angolano e o assalto descarado às riquezas do País.

Por outras palavras e em poucas palavras: a censura voltou, através das altíssimas individualidades que agora mandam em nós mas, também, as que mandam nelas. É o caso da Merkel, dos famigerados mercados sob anonimato, de Lagarde, de Barroso e, também, de Eduardo dos Santos e da sua multimilionária camarilha.

Passo a passo, damos passos atrás. Mas entra dinheiro. Somos uma colónia de Angola. E uma lavandaria de dinheiro sujo. 

Comentários

Da Serra disse…
Esse livro está editado? Se está, ao menos ponham-no na Internet para se fazer download, tal e qual como o livro Maddie a verdade da mentira, de Gonçalo Amaral e Contos Proibidos, de Rui Mateus.

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho