o mundo está perdido

Ai se a minha tia Balbina  - que idolatrava Salazar e vivia agarrada às saias da padraria - fosse viva e visse o que eu vi: manifestantes a expulsar a polícia em vez da polícia a expulsar manifestantes! Onde é que já se viu isto? O mundo está perdido, de pernas para o ar, em cuecas, de ceroulas, de pantanas, já não há ordem nem respeitinho pela autoridade, o que faz falta é um safanão a tempo, no meu tempo era Tarrafal com eles e não se falava mais nisso. O Pedro, coitadinho, é um fracalhote, vê-se logo com aquela carinha de manequim dos Fanqueiros, o Salazar faz cá muita falta, esse sim tinha-os no sítio, temente a Deus como poucos, o santinho,  desses já não se fabricam, agora estamos entregues à bicharada, aos comunistas, à pretalhada, aos terroristas e ao lobby da maricada. Jesus, meu Jesus, porque lhes perdoais?

Nota: as imagens são de ontem. No País Basco.



Comentários

Luís Lima disse…
Isto é um tipicamente fascista e pidesco. Por isso não vou acalentar diodcussões inúteis com saudosismos reaccionários e xenófevos
Manuel Cruz disse…
Oh Luís Lima, pela sua rica saúde, faça o favor de ler outra vez o "post" porque de fascista, pidesco, saudosista, reaccionário e xenófobo é que ele não tem nada.

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

chora, mariquinhas, chora