morreu o borges e morre o país aos poucos

E agora? Quem trata das privatizações? Chamem o Relvas!

Seguramente, as almas acristianadas amigas de Borges ficarão chocadas com a forma displicente, desrespeitosa, com que trato da morte de alguém. Mas não é tal sorte, a morte, que apaga o mal que nos fez, a Portugal e aos portugueses, em vida. Que seja muito feliz lá nas alturas, onde as almas acristianadas acreditam que pairará.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!