27/04/15

estadistas de craveira

http://ilustragargalo.blogspot.pt/

Somos nós a salvação das conquistas de Abril. Para as tornar sustentáveis. O dinheiro é pouco para tanta Saúde, tanta Educação, tanto subsídio, tanta pensão. E os rendimentos dos grandes grupos económicos? E as fundações sem fundamento? E os bancos, quem lhes acode quando a coisa dá para o torto?

É preciso contenção nos gastos desmesurados com o povo. Se ele trabalha só com um fardo de palha, para quê dar-lhe dois? Se ele continua a votar em nós e a gostar de nós, para quê desiludi-lo? Albardemos o povo à vontade dos donos, mercados e Merkel. Para isso fomos eleitos. Para isso jurámos cumprir e fazer cumprir a missão que nos confiaram: preparar-lhes a cama onde se deitam, o túmulo onde jazem em apagada e vil pobreza.

Reguemos os cravos. Metamos água. Afundemos Portugal.

1 comentário:

Lufra disse...

Na URSS não havia problemas de dinheiro para Saúde, educação, pensões nem com rendimentos dos grandes grupos económicos?