fujam coelhos, vem aí a monda!

E o Coelho?  E Gaspar? E os irmãos (de armas) Macedos? E Portas? E Cruz e Cristas? E Mota e Álvaro? E Crato e Branco? Enquanto houver um português sem fome ou com emprego, enquanto existirem empresas no activo, enquanto todo o património nacional não for vendido a preço de saldo, enquanto os salários forem altíssimos, para cima de 300 euros, eles vão-se agarrar ao poder como os náufragos ao bote de salvação. Há que afundá-los. Arrancá-los. Proceder à desparasitação, à desratização, à higienização do País. Custe o que custar.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

chora, mariquinhas, chora