jobs for the boys

Também eu quero um emprego assim. Das 9 às 5, sem cartões nem complicações.

Claro que, por esta altura, já muitos estarão a despejar as gavetas (ou, como o outro, a tirar fotocópias sabe-se lá de quê). A seguir virá o PS, se vier, e os cargos serão redistribuídos como bodo aos pobrezinhos, este para ti, aquele para mim, pataca a ti, pataca a mim, já nos cheira a pilim.

Quando é que isto vai acabar? Quando os portugueses decidirem mudar. Já tarda.



Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!