crónica de um desastre anunciado


Este governo e os peões de brega que o apoiam fizeram assanhada perseguição ao PS por causa das Parcerias Público-Privadas na área dos transportes. No entanto, querem privatizar a Carris e o Metro dando estas duas empresas de mão beijada a privados. Por outras palavras, o que criticavam nas negociatas do PS atinge aqui raias de maior escândalo ainda: os prejuízos ficam por conta do Estado - ou seja, nós - e as entidades que ficarem com o negócio só têm que se preocupar com a acumulação de lucros.

Não há dúvida, meus amigos: a culpa é do Sócrates. Lá de Évora, é ele quem anda a vender os anéis de Portugal e os dedos dos portugueses.

É o desastre. É a vergonha.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!