16/04/15

tanto também não



2 comentários:

trepadeira disse...

Não, não morras, ainda tenho esperança que o povo te faça pagar o mal que fazes ao povo e ao país.

Abraço,

mário

Anónimo disse...

Não viria mal nenhum ao mundo se morresse um trapaceiro...