pesadelos de um país de sonho

Pois é. Durante anos, para alimentar o pato-bravismo pátrio e fazendo da construção o sustentáculo único da economia depois da indústria, das pescas e da agricultura terem ido à vida, erigiram-se aventesmas por todo o baldio que nos aparecesse à frente, num autêntico horror a árvores e à Natureza. Fizeram-se centros comerciais, inauguraram-se lojas, abriram-se restaurantes enquanto outros, em lugares bem mais privilegiados, ficaram ao abandono. Este é o restaurante panorâmico de Monsanto. As vistas continuam de boa saúde, valha-nos ao menos isso. O espaço, esse, morre lentamente, entre escombros, grafitti, lixo, desleixo camarário. É o progresso, dizem-nos os papalvos, os empreendedores da treta, os vendilhões de Portugal a pataco.



















As fotografias são daqui:
http://lisboadiarios.blogspot.pt/

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

a assunção da canalhice

oxalá me engane!