bandeiras às avessas


Foi premonitório aquele erguer de bandeira, por Cavaco Silva, num ido feriado de Outubro. Fomos vendidos. As nossas vidas, a nossa qualidade de vida, o nosso gosto pela vida. Venderam-nos ao desbarato. Connosco, foram empresas rentáveis, património nacional, tudo o que renda trinta dinheiros a nós, muitos milhões a eles, alemães, americanos, chineses, angolanos. E mais se seguirá, se esventrará. Os CTT, a TAP, o raio que os parta, os queime, os incinere. 

Nos últimos 2 anos, esmifraram-nos, esmifraram o País, venderam-nos. Vendidos!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!