indignidade é ...

Indignidade é prometer uma coisa em campanha eleitoral e fazer exactamente o seu contrário. Indignidade é aceitar que três mangas-de-alpaca venham ditar ordens em Portugal, sobrepondo-se aos ministros do País. Indignidade é orgulhar-se de ir mais longe do que a troika nas medidas de austeridade e gabar-se disso aos quatro ventos. Indignidade é apregoar a necessidade de empobrecer os portugueses e cumpri-lo. Indignidade é culpar os portugueses, todos, sob a falsa acusação de que vivemos acima das nossas possibilidades. Indignidade é responsabilizar o Partido Socialista, ano após ano, discurso após discurso, entrevista após entrevista, por uma crise provocada pelo colapso financeiro que eclodiu na América em 2008. Indignidade é mandar os portugueses emigrar ou chamar-lhes piegas. Indignidade é provocar a precariedade no emprego. Indignidade é fazer com que os salários desçam a níveis obscenos. Indignidade é aumentar impostos de forma insuportável e fazer do Fisco o verdugo dos contribuintes. Indignidade é reduzir salários e pensões. Indignidade é aumentar, colossal e propositadamente, o desemprego. Indignidade é termos um governo de cócoras diante da Alemanha, em permanente estado de abjecta bajulação. Indignidade é fazer milhões pagarem os erros de gestão de poucos, nomeadamente de banqueiros sem escrúpulos nem capacidades. Indignidade é privatizar ao desbarato o pouco património que ainda nos restava. Indignidade é enfraquecer os sistemas de Educação e de Saúde públicas com o intuito de beneficiar entidades privadas. Indignidade é termos um governo de homens, e infelizmente de mulheres também, que não perdem o sono, que não vertem uma lágrima, que não demonstram a mínima comoção ou sentimento de solidariedade perante a miséria e o desespero que têm espalhado. Indignidade é que a falta de patriotismo de que têm dado provas, que a teimosia, a irracionalidade, a crueldade, a frieza, o calculismo, a arrogância, a desumanidade que têm demonstrado, sejam percepcionados, lá fora, como defeitos comuns a todos os portugueses. Indignidade é a propaganda, são os dados manipulados, é a demagogia barata, as mentiras descaradas.

Indignidade é isto e é mais. São quatro anos de pesadelo, de agonia contínua, de revolta permanente.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!