o herói de quem se fala


Dizem que os actuais políticos são medíocres, antigamente é que eram bons. Não concordo. Sempre foram medíocres, salvo uma ou outra excepção mais ou menos honrosa. Passos não é inferior aos outros que o precederam no PSD. Até porque Passos teve a coragem de levar para a frente a contra-revolução tão sonhada pelos "seus" desde os idos de 74 e 75. Sobra-lhe em teimosia o que lhe falta em humanidade. Em arrojo o que lhe falta em compaixão, sinceridade, realismo. É o herói que a direita sempre quis. O homem providencial. Desde Salazar, nunca tinham tido um assim. 

Medíocre não é ele. É o nosso conformismo.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

chora, mariquinhas, chora