10/07/15

pinar é o que está a dar!

Pinem à vontade, nós asseguramos o transporte para a maternidade, isto se o governo não nos fechar ou não nos reduzir a serviços mínimos, uma ambulância para todo o País, um motorista precário, um enfermeiro subcontratado, de salário mínimo e sobrecarga horária. Pinem enquanto podem. 



Sem comentários: