ainda a marcha da hipocrisia

Já o disse mas vou-me repetir, tenham lá paciência e da mais santa: o primeiro-ministro israelita lado a lado com Sarkozy ou Merkel na marcha contra o terrorismo, em Paris no passado domingo, é, por si só, um tratado de hipocrisia. E uma fraude.

Vou-me repetir mais uma vez: também eles são terroristas, à sua maneira, pouco se importando com o sofrimento dos povos que se propuseram governar.

Apesar das fotografias que correram mundo, já se sabia que os marchantes estavam isolados do resto da populaça, resguardados pela polícia. Mas é sempre bom encontrar provas da encenação. 

Em baixo, na imagem superior, a cabeça do distinto pelotão tal como divulgado pela comunicação social. A fotografia inferior, publicada pelo Le Monde, honra lhe seja feita, é uma das poucas que ilustram toda a "grandiosidade" do evento onde os crescidos posaram, compungidos, para o retrato.  

Os miúdos, a arraia, andavam por outras vias e, esses sim, davam ao mundo uma lição de compaixão e solidariedade. De democracia e liberdade.



Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho