o mundo que césar chora e o outro que deplora


Ainda o deboche do César. A Fernanda Câncio, em mais um excelente artigo no DN, jornal onde o abominável Neves também debita a sua conservadoríssima diarreia escrita, veio lembrar-me alguns aspectos que deixei escapar há dias quando me referi, pela primeira vez, à debochada última prosa do arauto da santa madre Igreja, não a do Papa Francisco mas, ah que saudades!, a do Torquemada e dos autos-de-fé a São Domingos e para os lados do Paço Real, à beirinha do Tejo.

César, a iluminada luminária, vem condenar a Sodoma e Gomorra em que o mundo se transformou, em que tantos de nós sacrificamos a pureza dos corpos, a virgindade da genitália, no "altar do deboche". A inspirada expressão é dele, não minha, a César o que é de César.

Fernanda Câncio veio lembrar-me os tempos em que a pedofilia não só era tolerada como considerada normal; os tempos em que o marido sustentava duas casas, a legítima e a da amante, facto natural e até um ponto de honra porque ostentava a virilidade do macho e, como toda a gente sabe, homem que é homem tem as suas necessidades; os tempos em que milhares de recém-nascidos eram abandonados na roda dos enjeitados ou, pior, entregues às tecedeiras de anjos; os tempos, não tão longínquos quanto isso, em que o aborto era proibido, em que as mulheres se entregavam nas mãos de carniceiros para o lancinante desmancho ou, então, deixavam vir as crianças ao mundo, cinco, oito, doze, grandes tempos esses em que não havia Segurança Social nem o terror da sua insustentabilidade, em que os pais, miseráveis e pouco calhados para a educação dos filhos, criavam um rancho deles porque onde comem três comem seis, porque tudo se cria, porque assim Deus quis.

É este o mundo perdido do desbocado César, o senhor das Neves, o abominável escriba da santa inquisição dos nossos dias.

Que seja ao menos beato, mas a canonização não lhe será demais.

Se quiser ler o artigo da Fernanda Câncio:
http://www.dn.pt/inicio/opiniao/interior.aspx?content_id=4450798&seccao=Fernanda+C%E2ncio&tag=Opini%E3o+-+Em+Foco&page=-1

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho