arbeit macht frei

Ena, o que para aí vai: espaço aéreo fechado, lanchas Tejo acima, polícia aos magotes pelas ruas, a mesma polícia que não existe quando uma velhinha é assaltada em pleno dia ou um multibanco é arrombado em plena noite, num cenário de guerra nunca visto em Lisboa, nem nos idos de Abril. Tudo por causa do canastro de dona Merkel, o bom nome de dona Merkel, a virginal santidade de dona Merkel. Dona Merkel vem a um dos seus campos de concentração. Os outros são na Grécia, em Espanha, em Itália e nas demais colónias onde o IV Reich não hesitará em criar redutos de miséria para honra e glória da grande pátria alemã. Acham que estou a exagerar? Esperem mais uns meses. Nem tantos quanto isso. E que os santos e arcanjos, se é que existem, nos ajudem.

Imagem: http://wehavekaosinthegarden.wordpress.com/

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho