este não é o meu país

Senhas de racionamento de pão do tempo do Estado Novo

Estamos a dar Passos atrás. A regredir décadas. O incansável Mota, ministro da caridadezinha, está em todas as frentes, ainda o havemos de ver em chás-canasta e saraus de beneficência, a dançar com condessas, a beijar as mãos de marquesas, encantado com os seus poderes, deslumbrado com os seus feitos, que o comovem até às lágrimas. 

Medicamentos em fim do prazo? Dêem-se aos pobrezinhos. Retomem-se e incentivem-se as sopas do Sidónio. Aplique-se o saudável hábito de dar esmola enquanto se retiram subsídios, roubam reformas, taxam salários de miséria e se cria desemprego. Se arruína a Saúde Pública. Se desgraça Portugal.

Este não é o meu país.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!