arrear no preso

Rui Cruz, um dos fundadores do Tugaleaks, foi detido sob a acusação de pirataria informática. O Tugaleaks não oferece música à borla, nem filmes, nem livros para download gratuito. A sua especialidade são os crimes do crème de la crème da lusa pátria. É incómodo. É consultado por muita gente. Faz mossa nas moças e moços dos jobs e do desgoverno em que estamos enfiados até às goelas, uma camisa de onze varas de onde não saímos nem que a vaca tussa e o porco se banhe em Chanel nº 5. Adiante ... Não consigo perceber em que é que Rui Cruz terá infringido regras e leis, mas suspeito que todos nós, bloggers do reviralho e revoltosos do (sim, isso), estamos na fila para os calabouços da tia Judite.

Enquanto isto, nem Dias Loureiro, nem Oliveira e Costa, nem Ricardo Salgado nem tantos outros de quem não convém dizer o nome - a tia Judite não dorme - andam por aí, à solta, saltitando de afloramento merdoso em afloramento merdoso.

A fazer pela vidinha.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

chora, mariquinhas, chora