tio, sirva-me uma bejeca!


O Tio Taxinhas voltou a falar hoje das ditas taxas para acusar António Costa e a sua política (socialista, teve o cuidado de acrescentar): a de criar emolumentos em demasia.

Esta da taxa tem laracha e o Tio não a tem menos.

Esquece-se o bonacheirão do ministro que não foi António Costa quem decretou o maior aumento de impostos de todos os tempos em Portugal, mas o governo a que pertence o próprio Tio Taxinhas.

A verdade é só uma: com tanta lata que tem, o ministro pode ir enlatar cerveja a custos reduzidos. Até porque, se eu fosse ao António Costa, mal chegasse ao governo aumentava as taxas e taxinhas relativas ao consumo de álcool, com particular agravamento no caso da cerveja.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

a assunção da canalhice

oxalá me engane!