eu espero ser, dos três, aquele que se vai safar!


Noutros tempos, os jornais ainda serviam para embrulhar peixe. Agora, com a ASAE e o fundamentalismo higienista da União Europeia, tão preocupada com a nossa saúde mas não com as nossas condições de vida, nem para isso podemos usar os tablóides do dia. Mau jornalismo associado a notícias tendenciosas ou manipuladas, eis ao que chegámos. Salvo honrosas excepções, claro está, as que não vão na cantiga e no conto do vigário de administradores, accionistas e outros sócios capitalistas mais interessados em vender publicidade do que em fornecer informação digna. Mas esses, os jornalistas sérios e não os donos dos pasquins e aparentados, terão a cabeça a prémio. O desemprego espera-os.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho