17/03/15

não terão sido antes 57?

O Correio da Manhã não muda de tema nem que a bomba nuclear nos caia em cima, encontrou o criminoso do século, quer justiça, exige o presídio, a degolação, as galés. Nunca se viu nada assim, a condenação antes do julgamento, o linchamento público, o auto-de-fé do inquisidor-mor da Nação, o Correio, a Manha, a sanha. Para a fogueira já!

1 comentário:

Anónimo disse...

Que se poderia esperar de um pasquim direitista com tiques trauliteiros, como é o CM?E não vão ficar por aqui.