o maná dos algozes

Numa qualquer festança da JSD, Maria Luís anunciou que o Estado anda de cofres cheios, pronto para qualquer contrariedade. Salazar também assim agiu, à custa das privações do povo e do ouro nazi roubado aos judeus.

Reduziram-se salários e pensões, aumentaram-se impostos, despediram-se funcionários, cortou-se na Saúde, na Educação, nas prestações sociais, obrigaram-se milhares de jovens a emigrar, deixou-se morrer nas urgências, paga-se a tempo e horas aos credores porque temos que honrar os nossos deveres, mas os compromissos para com todo um povo puderam ser sonegados. Esvaziaram-nos o futuro. Para que os cofres fiquem cheios. 

Não passamos de dados estatísticos, pagadores de impostos perseguidos com acinte se não os liquidamos a tempo e horas, meros números de deve e haver numa folha de excel. Toda a atenção se concentrou nos cofres que, custe o que custar, é preciso rechear.

O país pode morrer. Os cofres estão salvos.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!