hoje o metro de lisboa acordou assim

Depois não digam que não somos hospitaleiros. Alguém madrugou para encher o metro de cartazes, antes da visita de Merkel. Cartazes clandestinos, já se vê. Mas a visita foi, também ela, clandestina. Ninguém a viu passar. Os ratos sabem esconder-se.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho