portugal engaiolado

Eram muitos, muitos polícias, num aparato nunca visto pelas terras que, até ver, são da gente. O Centro Cultural de Belém, tornado Feira das Vaidades, sintomaticamente a jóia da coroa dos governos Cavaco, ficava lá longe, inatingível, para que nem o som de um protesto, de um insulto, pudesse ser ouvido. O povo, esse, foi engaiolado. Ficou atrás das grades. Prisioneiro de um governo que abomina, de uma política que rechaça, de uma imperatriz que não é sua, viu o sol pelos quadradinhos.







Fotografias de José Gema
https://www.facebook.com/jose.gema.1




Fotografias de Rui Mateus
https://www.facebook.com/rui.mateus.16

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho