a queda das exportações e a queda para a mentira


Devo andar balhelhas. Devo sim. Esta manhã, ouvi os deputados da maioria, mais o senhor Coelho, gabarem-se dos excelentes resultados nas exportações apesar da greve intolerável, insustentável, insuportável, abominável dos estivadores. Horas depois, muito poucas, o Instituto Nacional de Estatística faz sair, para a comunicação social, os dados actualizados das exportações, apresentado quebras assinaláveis e contrariando os discursos matinais da Acção Nacional parlamentar. Será que há alguém no INE apostado em denegrir a imagem do governo, apressando-se a fazer sair estes números neste dia preciso? Há que descobrir esse elemento, perigoso socialista pela certa, ou pior ainda comunista, e saneá-lo. O reviralho anda com o pelo na venta. Há que purgar o Estado dessa maléfica cambada. Exportem-se!


Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho