acabem-se com as greves, porra, nem que seja à porrada!


Ferraz da Costa vem mais uma vez apelar a que, no parlamento, se reveja a lei da greve, tornando-a mais limitativa. E, porque é um bom coração e um patriota, até dá uma ajudinha aos deputados adiantando os pontos que devem ser corrigidos na lei.

A CGTP está contra. A UGT, por enquanto, também. Embora João Proença tenha hoje ameaçado que a greve dos estivadores está a pôr em causa os seus postos de trabalho.

Depois, venham-me acusar de demagogo, populista, radical e outros epítetos sortidos quando digo, e repito, que os salazaristas adormecidos em Abril estão, agora, a arrebitar. Chegou a sua hora.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho