em cada terra, uma canção

Eis uma pequeníssima amostra da profusão de hinos que grassam pelo país, um por candidato. É um festival de música, de luz, de cor, de pimbalhada à farta e desafinanços à compita. É o Portugal profundo. É o país que temos. Que merecemos?

Nós, que nunca conseguimos ganhar um pindérico Festival da Eurovisão, metemo-nos em cavalarias altas. O resultado não podia ser melhor. Ou pior. 















Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!