morram, sacanas!


Vai ser a notícia dos jornais de hoje: o governo penaliza ainda mais as reformas antecipadas. Como uma grande percentagem dos despedidos ronda os 50, 55 anos, e sabendo-se que dificilmente conseguirão uma nova ocupação remunerada, resta a estes desempregados recorrer à esmola ou ao suicídio. E ainda há outra solução, roubar, como o fez um professor sem colocação, agora e em má hora acusado de 14 assaltos.

De uma coisa tenho a certeza: o governo prefere a alternativa suicida. Sai-lhes mais barato. Além do mais, e recorrendo a uma piada com cãs que nunca, como agora, foi tão certeira, o governo não quer ladrões por aí à solta.

Detesta concorrência.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

chora, mariquinhas, chora