voa coelho, voa


Não pertence à categoria das aves nem à dos humanos. É qualquer coisa que para aí anda, ser mais ou menos existente, com braços e pernas mas sem coração que se veja, com cabeça mas minguado de cérebro. De vida.  Não lhe passem cartão. A não ser o vermelho. Sem lhe descontar os pecados, as malfeitorias, os embustes. Tem que pagá-los. Há-de pagar.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

chora, mariquinhas, chora