sob o manto de salazar

Mas que raio de gente é esta que decidiu vender Portugal a pataco, incluindo os seus habitantes? Vendem-se empresas do Estado por tuta-e-meia (por muitos milhões que nos pareçam), alienam-se serviços, liberalizam-se os despedimentos para forçar a baixa de salários, tudo vendem menos a alma, que nunca a tiveram, ou a mãezinha, que se calhar amam à maneira deles.

Vendem-nos sem pejo. Vendem-nos porque sabem que ganharão o ódio do povo mas a incomensurável admiração da anafada Kaiserin. Vendem-nos porque gordos cheques lhes sorrirão, chorudos contratos lhes chegarão, assombrosos convites lhes dirigirão a JP Morgan, a Goldman Sachs, o Citi Group, a Merryll Lynch, qualquer uma das associações de gangsters financeiros que, nos dias que correm funestos, governam o mundo.

Eles mandam. Esta gente executa. E nós, no fim da linha, obedecemos.

Por muito menos houve revoltas e atentados em Portugal. Salazar, definitivamente, domesticou-nos.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!