mais passos para o abismo

O processo que envolve o PGR angolano vai ser arquivado, apaziguando-se assim as relações entre os governos de Pedrito e Zé Dú. Para que a paz e a ordem se instalem definitivamente por todo o País, só falta o Tribunal Constitucional aceitar todas as patifarias governamentais. Até porque, assim, os juros da "nossa" dívida vão descer a olhos vistos.

A pedido dos deputados do PSD/CDS - a canonização de todos eles está próxima - os cortes nas pensões de sobrevivência não vão ser feitos a partir dos 419 euros, mas sim dos 600 euros. Num golpe de propaganda digno de um Goebbels, já se diz por aí que a medida vai beneficiar - repito: beneficiar - 10 mil pensionistas. Haja decência, um nadinha que seja, se não for pedir muito.

Quando o único bicho que devia ir para a rua era o Coelho, eis que a cristã Cristas quer que os donos dos animais abandonem os que tiverem a mais. Os veterinários das câmaras não vão ter parança a ministrar eutanásias.

Durão Barroso, Marcelo Rebelo de Sousa e Pedro Santana Lopes já se esganiçam com vista à presidência da República. Um Cavaco é como o mal, nunca vem só.

Cavaco manifestou-se contra os excessos de excitação. Não tem razão. O País precisa de rejuvenescer, os casais de procriar. 

PSD e CDS, paladinos da democracia, expulsam centenas de militantes. Desse-se o caso com o PCP e caía o Carmo e a Trindade, era a purga estalinista, a ditadura comunista, o diabo a quatro. 

A reforma do Estado pode vir a ser apresentada esta tarde, depois de muitos adiamentos. Pode ser que ainda não seja hoje. Enquanto o Paulo vai e vem, a título irreversível, folgam-nos as costas.

Todos os meses, 10 000 portugueses abandonam o País. É o milagre económico de que fala Pires de Lima.

E isto tudo num só dia. Mais um a passos do abismo.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

chora, mariquinhas, chora