23/06/15

no banco dos réus!

Numa espécie de Nuremberga, gostava de ver Merkel e quejandos, alguns portugueses também, estes traidores da sua Pátria e do seu povo, sentados no banco dos réus. Acusados de crimes contra a Humanidade. Ao longo dos últimos anos, semearam morte, dor, desemprego, fome, miséria da mais absoluta, desespero, desesperança. Pode ser que ainda venha a ter essa alegria. E desde já, aos réus, prometo: contem com cápsulas de cianeto à borla. Sou eu que pago.

Manifestação contra a Europa, 22 de Junho de 2015


Sem comentários: