lucros privados, públicos prejuízos


Vamos ficar calados? Vamos aceitar que a TAP e a RTP (isto para não falar na EDP, que já era, ou das Águas, que vão ser) passem para outras mãos em termos absolutamente escandalosos e lesivos dos interesses do País?

Por mim, já fiz uma jura: se a RTP passar para mãos ínvias, nunca mais a sintonizarei. E, entre uma TAP rendida aos dinheiros colombianos e qualquer outra companhia aérea, nunca escolherei a TAP mas uma que me dê garantias de segurança, até hoje um dos grandes trunfos da "nossa" jóia da coroa. Isto, pois está claro, se algum dia voltar a viajar. Um luxo do passado, de quem andou a viver acima das suas possibilidades, nas nuvens. Pois.

Imagem: http://restosdecoleccao.blogspot.pt

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!