às heroínas

Às que trabalham a vida inteira, de sol a sol. Às que fazem das tripas coração, das fraquezas força para criar os filhos, dar-lhes a vida melhor que elas nunca tiveram. Às que sofrem e, caladas, tratam dos seus como se nada fosse. Às mulheres do meu país a quem o País tanto deve mas que, desprezível, despreza, ignora, explora. Delas rezará a História.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!