afinal não é pelo combro

A manifestação de Sábado não segue pelo Combro, como tem sido tradição. Desta feita, desce pela Rua do Ouro ao Terreiro do Paço, segue pela Rua do Arsenal em remodelação, Cais do Sodré, Avenida 24 de Julho e, finalmente, Avenida D. Carlos I. Que esteja muita gente, toda a que não aguenta, aguenta. Ulrich não vai estar lá. Nem Coelho. Nem Cavaco. Nem Albuquerque ou Portas ou a Assunção do poleirinho parlamentar. Mas nós estaremos. A pé. Nunca de joelhos. Há soluções. Há alternativas. Todos os becos têm uma saída.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho