escondam as carteiras!


Rezam as últimas notícias, fresquinhas da silva, que o Sr. Silva de Boliqueime acaba de promulgar o Orçamento de Estado. Não me espanta. Nunca vi um presidente ... digamos ... tão isento, tão imparcial, tão cioso da coesão nacional, tão apostado em defender a Constituição.

Tartamudeou o senhor presidente, num dia que lhe deu para o humor, faceta onde também revelou total falta de jeito, que o silêncio é de ouro. Neste caso, acho eu e acha muita gente, não é. É de pechisbeque e do mais rasca. Não vale um cavaco.

E, tal como prevíamos que o orçamento do assalto fiscal iria passar pelo crivo presidencial, também podemos desde já antecipar o próximo capítulo: tal como está, o documento será considerado inconstitucional mas, dada a crise que o país atravessa, terá o beneplácito do Tribunal que, tal como o senhor presidente, jurou fazer cumprir a Constituição.

E o assalto consumar-se-á. Escondam as carteiras. Guardem as pratas, se ainda as tiverem. Fujam enquanto é tempo. O pior está para vir.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho