façam brioches e atirem-nos à populaça

No dia 1 de Janeiro do ano da desgraça de 2013, ouvi Mota Soares a elogiar-se a ele e ao seu governo pelo apoio que têm dado às instituições de beneficência. Claro que nem lhe passa pela cabeça desviar esse mesmo dinheiro para apoiar - directamente - as famílias em desespero, a caridade é sempre preferível à solidariedade, é bonito, é cristão e serve para que Deus, lá de cima, perdoe os pecados dos de cá de baixo, e não são poucos, os pecados e as gentes pias. 

O Mota ainda deve ser Jonet por parte da mãe. É o que eu acho. Façam brioches. Atirem-nos à plebe e comam bifes para que o colesterol, ou isso, os leve desta para pior. Deus espera-vos. Ou isso.

Fotografia: http://revistaquem.globo.com

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

chora, mariquinhas, chora