dá cá o meu!


As preocupações de Cavaco, em relação ao Orçamento de Estado, prendem-se unicamente com os reformados, o que seria louvável se não fosse um deles, e dos mais felizardos. Deduz-se que está, pura e simplesmente, a usar os seus poderes para defender as suas pensões. Será que não há mais nenhuma cláusula no Orçamento que possa levantar dúvidas sobre a sua constitucionalidade? Ora veja lá bem, Dr. Cavaco, leia-o outra vez.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!