apresento-vos o novo conde de farrobo


O homem gostava de ter sido duque, conde, visconde, barão, baronete, marquês, qualquer título lhe serviria desde que nobiliárquico. Quedou-se pelo de vice primeiro-ministro mas, quanto aos aposentos, não se fez rogado. Escolheu o palácio dos Condes de Farrobo, mesmo ao lado do Jardim Zoológico. Em Sete-Rios, Portas vai estar nas sete quintas. O palácio não é feio e pode ir bronzear-se para os vastos jardins, agora que faz o sacrifício de substituir Passos durante as férias. E, com sorte, ainda terá tempo para ir ao jardim vizinho ver os lobos e os abutres, os répteis e as doninhas fedorentas. Tudo animais muito da sua estimação. Digo eu. E sei o que digo.

Quanto às obras de adaptação do espaço, a decoração e o decorador, os arranjos florais, os pequenos mimos mais do que justificados para quem suporta, teso e irrevogável como uma rocha, o peso da governação, quanto a essas contas, recebê-las-emos mais tarde. No IRS. No IVA. Em assaltos com sucessivos rounds, infindáveis rounds.

Para Portas, tudo. Para o povo, nada.



Imagens: 
http://wehavekaosinthegarden.blogspot.pt/
http://www.dinheirovivo.pt

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!