memórias do cárcere (5)

Texto publicado a 27 de Janeiro deste ano.



Passos Coelho lamenta que muitos portugueses continuem a viver como se não fossem pobres:

A este homem nem os fatos modernaços conseguem disfarçar a naftalina salazarenta. E ele não consegue disfarçar, tal como Salazar, o desprezo que nutre pelos portugueses, adultos-crianças que têm que ser tratados a sopas de cavalo-cansado e puxões de orelhas. Chiça penico!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!

o grande azar de pedro passos coelho